Mamoplastia Redutora

Mamoplastia Redutora



Indicação:
As mamas após a puberdade são rígidas devido à quantidade de glândula. Com o passar do tempo há uma diminuição da quantidade de glândula, aumento da gordura e tendência à ptose (queda da mama). A gravidez é um importante fator na aceleração da ptose mamária.
A mamoplastia tem como objetivo reverter este quadro, suspendendo a mama e retirando o excesso de pele e tecido mamário existentes.
É indicada para a redução de mamas volumosas e para suspensão de mamas ptosadas (caídas).

Anestesia:
Bloqueio Peridural com sedação.

Tempo de internação:
Geralmente 24 horas.
 

Pós-operatório:
A paciente deverá ficar afastada de esforços por 30 dias, evitando nos primeiros 14 dias de elevar os braços. Deve-se usar um soutien cirúrgico por aproximadamente 1,5 mês, dependendo da orientação médica. A prática de esportes poderá ser retomada após dois meses.

Complicações:
Embora raras, podem ser citadas: hematoma, infeção, deiscência (abertura de pontos), quelóides (conforme predisposição individual do paciente), sofrimento de pele.

Resultado Definitivo:
Nos primeiros meses a cicatriz encontra-se avermelhada, tornando-se esbranquiçada com o tempo. Por volta do 3o mês ocorre a báscula da mama (acomodação), a qual produz o contorno arredondado da região inferior da mama, que logo após a cirurgia fica retificada. O resultado final é alcançado entre 6 meses e 1 ano.

Recomendações pré-operatórias:
1) Comunicar-se conosco até dois dias antes da operação, em caso de gripe ou indisposição.
2) Internar-se no hospital indicado, obedecendo ao horário previamente marcado.
3) Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito lautas na véspera da cirurgia.
4) Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer de que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 7 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também os diuréticos.
5) Programe suas atividades sociais, domésticas ou escolares de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 20 dias.
6) Evitar fumar por, ao menos, 15( quinze dias) antes da cirurgia.
7) Manter jejum de oito(8) horas antes da hora marcada da cirurgia.
8) Evitar todo e qualquer medicamento à base de ácido acetil-salicílico (AAS, Aspirina, Melhoral, Bufferin) ou qualquer medicação com efeito anticoagulante pelo menos 15(quinze) dias antes da cirurgia.

Recomendações pós-operatórias:
1) Evite esforços nos 30 primeiros dias.
2) Não movimente os braços em excesso. Obedeça as instruções que lhe serão dadas por ocasião da alta hospitalar, relativas à movimentação dos membros superiores.
3) Evite molhar o curativo, até que seja autorizada a fazê-lo (normalmente no segundo dia após a cirurgia).
4) Não se exponha ao sol ou friagem, até segunda ordem.
5) Siga rigorosamente as prescrições médicas.
6) Alimentação normal (salvo casos específicos que receberão a devida orientação).
7) Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire conosco suas eventuais dúvidas.


Quer saber mais sobre esse procedimento? Faça sua pergunta!


Veja mais...

Drª Isis Lacerda

Digitando...