Mamoplastia de Aumento

Mamoplastia de Aumento



Prótese de Mama

Indicação:
A mamoplastia de aumento é indicada para pacientes com mamas pequenas ou que após amamentação tiveram grande redução do volume mamário, sem que houvesse ptose da mama (queda da mama). Quando existe flacidez e ptose associadas, a prótese é colocada e uma retirada do excesso de pele é realizada.

A nova geração de próteses de silicone, feitas e preenchidas com gel de silicone de alta coesividade não necessita de troca a cada 10 anos, como acontecia com os implantes antigos. O organismo cria uma cápsula fibrosa em torno do implante que o isola da mama e a prótese pode permanecer indefinidamente.
Anestesia:
Bloqueio Peridural e sedação ou anestesia geral.

Técnica Cirúrgica:
A prótese de mama pode ser colocada através de 3 incisões diferentes (periareolar = envolta da aréola, submamária = no sulco da mama ou axilar = através da axila). Utilizamos apenas as incisões no sulco ou em torno da aréola, discordamos da incisão axilar pelo risco de lesões de nervos da axila, contaminação bacteriana e cicatriz aparente. A localização da prótese também pode ser em dois espaços diferentes: embaixo da glândula ou abaixo do músculo. Cada método tem suas vantagens e desvantagens, devendo ser a escolha feita em conjunto pelo médico e paciente, após discussão sobre os prós e contras de cada técnica.

1. Anestesia local com sedação ou geral.
2. A incisão é feita no local pré determinado (periareolar, submamária ou axilar).
3. Descola-se o plano em que a prótese será colocada, formando um espaço vazio (sob a glândula ou sob o músculo ou sob a fáscia do músculo peitoral).
4. Insere-se a prótese.
5. Sutura-se a fáscia, a gordura e a pele.

OBS: pode ser deixado um dreno para que as secreções formadas não fiquem coletadas junto à prótese.

Tempo de internação:
De 12 a 24 horas.

Pós-operatório:
O pós-operatório costuma ser tranqüilo, indolor. Deve-se evitar esforços com os braços por 1 mês. O dreno é retirado geralmente no 1o ou 2o dia pós-operatório.

Complicações:
Apesar de raras, podem ocorrer: hematoma, infeção, extrusão da prótese, contratura da cápsula que é formada ao redor da prótese.

Resultado definitivo:
O resultado quanto à forma já é bastante evidente no pós-operatório.. Durante o primeiro mês há a redução do edema (inchaço) e a cicatrização ganha força. Como toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo se dá em torno do 6 meses, devido ao amadurecimento da cicatriz.

Recomendações pré-operatórias:
1) Comunicar-se conosco até dois dias antes da operação, em caso de gripe, indisposição ou antecipação do período menstrual.
2) Internar-se no hospital ou clínica indicados , obedecendo ao horário estabelecido.
3) Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia.
4) Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja utilizando, por um período de sete dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também os diuréticos.
5) Não tomar quaisquer medicamentos que contenham ácido acetil salicílico por pelo menos 14 dias antes da cirurgia (aspirina, AAS, melhoral, buferin, neossaldina, etc.).
6) Programe suas atividades sociais, domésticas, profissionais ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 20 dias.
7) Se você fuma, evite fumar ao menos nos 15 dias que antecedem a cirurgia.
8) Manter jejum completo de 8 horas antes da cirurgia.

Recomendações pós-operatórias:
1) Evitar esforços nos 30 primeiros dias.
2) Não movimentar os braços em excesso. Obedeça às instruções que lhe serão dadas por ocasião da alta hospitalar, relativas à movimentação dos membros superiores ou massagens.
3) Observar os cuidados com banho e curativos.
4) Não se exponha ao sol ou friagem, até 2ª ordem.
5) Obedecer à prescrição médica.
6) Alimentação normal (salvo casos específicos, que receberão orientação).
7) Voltar ao consultório para curativos subsequentes, nos dias e horários estipulados.
8) Consulte este folheto informativo quanto à evolução pós-operatória, tantas vezes quanto necessário

9) Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de esquecer-se de que foi operada recentemente. Cuidado! Esta euforia poderá levá-la a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos.
10) Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire conosco suas eventuais dúvidas.


Quer saber mais sobre esse procedimento? Faça sua pergunta!


Veja mais...

Drª Isis Lacerda

Digitando...